Torcicolo – O que é? Tipos de torcicolo, Sintomas, Tratamento e Prevenção

Alguns incômodos todos nós temos a chance de sofrer, sem que haja um grupo de risco ou algo assim. Dores, em geral, são alguns dos problemas que mais nos incomodam, visto que atrapalham o nosso dia a dia e uma dessas dores que mais nos prejudica é o torcicolo.

O que é Torcicolo

Ter um torcicolo é uma situação comum para qualquer pessoa. Dormir de mal jeito, forçar demais a musculatura do pescoço, torcer o pescoço sem querer, entre outras coisas, são algumas das maneiras que o paciente possa vir a sentir esse desconforto na região.

O torcicolo, que algumas pessoas chamam de pescoço torto ou de loxia, se caracteriza quando há um a torção no pescoço onde o topo da cabeça fica inclinada para um lado enquanto o queixo fica para o outro lado.

Quando acontece, a pessoa sente um grande desconforto e dor (que varia de aguda à latente) durante todo o período em que o torcicolo permanecer.


Sintomas

Como era de se esperar, o maior sintoma é a incômoda dor que abrange toda a região do pescoço. Além disso, os seguintes sintomas podem ser observados (de acordo com a intensidade e local exato da lesão): limitação dos movimentos de cabeça; tremor da cabeça; dor de cabeça; dor no pescoço; rigidez dos músculos do pescoço; ombro mais alto de um lado do corpo e; inchaço dos músculos do pescoço.

Tipos

Torcicolo espasmódico

É o mais comum de todos. Acontece quando há uma rigidez do pescoço que é ocasionada pela hipertonicidade dos músculos cervicais. Essa rigidez pode acontecer por tensão emocional, trauma por deslocamento súbito, sobrecarga física ou então por permanecer na mesma posição por longos períodos (como dormir de mal jeito);

Torcicolo congênito

Esse tipo é uma doença ortopédica que acontece em bebês, mas não há presença de dor. Seu diagnóstico acontece pela detecção de uma massa leve e palpável no músculo esternocleidomastoideo, que geralmente desaparece após os três primeiros meses de vida. É uma situação relativamente comum, que acontece com um a cada 250 bebês

Torcicolo dermatogênico

Esse tipo é resultado de uma lesão extensa no pescoço causada por problemas de pele na região, como grandes machucados ou queimaduras;

Torcicolo vestibular

O torcicolo vestibular geralmente é resultado da rotação da cabeça que acontece de modo para compensar o desequilíbrio do corpo quando a pessoa sofre de labirintite.

Torcicolo reumático

Causado como consequência de doenças reumatológicas (ossos, músculos, tendões, ligamentos e articulações) na região do pescoço.

Torcicolo ocular

O torcicolo ocular acontece quando há paralisia de músculos extra-oculares, como o oblíquo.

Torcicolo espúrio

Este é resultado de consequências de degenerações ou fraturas nas vértebras cervicais.

Diagnóstico

O médico responsável, que geralmente é um ortopedista, irá realizar um exame físico e prescrever o tratamento correto para seu caso de torcicolo e, se houver necessidade, poderá indicar algum medicamento para auxiliar no tratamento.

Em casos de trauma, será solicitado um raio-X para verificar ocorrência de algumas lesões maiores. Em grande parte das vezes, o raio-X basta para finalizar o diagnóstico. Em casos mais graves ou de suspeita da causa do torcicolo ser algo mais sério, o médico poderá exigir uma tomografia computadorizada.

Tratamento da Torcicolo

O principal meio de tratar é por meio do relaxamento muscular do pescoço. Há diversas maneira de fazer isso, sendo que as mais comuns são: aplicação de calor, massagem e tração na espinha cervical, pois ajudam a aliviar a dor no pescoço e na cabeça, além do calor ser um relaxante muscular natural; alguns exercícios de alongamento e de apoios do pescoço para ajudar nos espasmos musculares e; para casos frequentes de torcicolos no paciente, injeções de toxina botulínica a cada três meses.

Medicamentos para Torcicolo

Existem alguns medicamentos que são utilizados como relaxantes musculares e que, sozinhos ou como auxiliares dos outros tratamentos, possuem bastante eficiência. São eles: Betatrinta, Cetofenid (solução), Cataflampro, Ciclobenzaprina, Diprospan, Coltrax, Duoflam, Flanax, Fenaflan, Flanax 550mg, Mirtax, Miosan e Musculare.

Jamais se automedique. Todos esses remédios possuem efeitos colaterais que, se mal utilizados, podem trazer mais malefícios do que benefícios.

Prognóstico

O tratamento (quando não está relacionado a um trauma pesado ou algo mais grave) dura cerca de cinco dias. Nesse tempo, o paciente irá sentir dor, mas a melhora será diária.

As massagens são ótimas para aliviar os sintomas, pois relaxam músculos e tendões, aliviando a tensão acumulada no pescoço.

Possíveis complicações

Quando não é causado por uma doença ou situação mais grave, as complicações são mínimas, mas bastante incômodas.Como curar torcicolo

As duas mais comuns são sintomas do sistema nervoso, pois há pressão na raiz dos nervos, e inchaço do músculo devido à tensão constante. Ambos causam chatas dores diárias.

Prevenção

Não há uma prevenção que seja totalmente eficiente. Apesar disso, há algumas ações que ajudam, como dormir sempre em uma posição confortável e evitar excesso de esforço físico, especialmente os que exigem bastante força dos músculos do pescoço.

Além disso, se aquecer e se alongar ajuda a evitar problemas relacionados à musculatura do pescoço.

Pergunta dos leitores

Dorflex serve para curar Torcicolo?

Dorflex é um medicamento que auxiliar no alívio de dores e situações parecidas. Dependendo da intensidade do torcicolo, Dorflex ajudará a relaxar o músculo.

Relaxante muscular serve para Torcicolo?

Sim. Medicamentos que são relaxantes musculares são os indicados para tratar o torcicolo, já que essa situação acontece quando há tensão muscular.

Como Dormir sem pegar Torcicolo no pescoço?

Escolha sempre um travesseiro que nãos seja muito alto e nem muito baixo para você, de modo que o conforto seja máximo quando se deitar. Além disso, evite dormir com o pescoço muito torto.

Quanto tempo dura Torcicolo?

Se não for ocasionado por um problema mais grave, em até dois dias o problema pode ser resolvido. Caso tenha sido por causa de um trauma ou algo assim, pode levar até uma semana.

Fisioterapia ajuda contra Torcicolo?

Sim. A fisioterapia ajuda na contração e lesões de músculos. No caso do torcicolo pode haver as duas situações. Apesar disso, grande parte das vezes não é necessária a realização de fisioterapia.