Garganta Inflamada – Sintomas, Causas, Receitas Caseiras para curar

Garganta inflamada é uma das alterações mais incômodas que podem ocorrer nas vias respiratórias. A inflamação, normalmente, é resultado de alguma doença, como gripe e resfriado, ou exposição que o corpo sofreu, como a pessoa ficar no frio durante muito tempo.

Essa inflamação, apesar de ser bem irritante e causar diversos sintomas, incluindo muita dor e dificuldade na fala, pode ser tratada de diversas maneiras, indo de remédios comercializados em farmácias especialistas até chás e xaropes feitos de forma caseira e com ingredientes bem simples.

Diante dessas diversas informações sobre garganta inflamada, iremos, nesse artigo, detalhar todas elas de forma simples e direta, para você, caro leitor, ficar informado sobre tudo dessa inflamação, incluindo principais causas, modos efetivos de tratamento e sintomas.

Quais os sintomas da Garganta Inflamada

A garganta inflamada pode causar diversas sintomas, indo dos mais leves até os mais intensos. Os mais comuns de serem apresentados nas pessoas que estão com a inflamação são:


  • Dor na região da garganta, principalmente para engolir saliva e alimentos
  • Tosse seca em excesso
  • Garganta ficar avermelhada
  • Febre, podendo ser alta ou baixa
  • Mau hálito
  • Alteração na voz, com ela, normalmente, ficando mais rouca
  • Dor de cabeça e pelo corpo
  • Pus nas amígdalas

Causas

Como os sintomas, existem diversos fatores que podem causar a garganta inflamada, indo desde uma situação que a pessoa sofre até uma doença que resulta na inflamação. Porém, as causas mais comuns são:Fotos de garganta inflamada

  • Gripe e resfriado
  • Laringite
  • Faringite
  • Refluxo gastroesofágico
  • Tomar bebidas muito geladas
  • Consumo excessivo de álcool
  • Ficar exposto a temperaturas baixas ou ar com baixa umidade
  • Ficar exposto a fumaça por muito tempo
  • Gritar muito
  • Herpes
  • HIV

Relembrando que, a garganta inflamada ainda pode ser resultado de outras situações e doenças. Porém, as citadas acima, são as mais comuns de causar a inflamação.

Como curar Garganta Inflamada

Gargarejos com água morna e sal

É muito comum a mãe ou o pai recomendar para seu filho, quando ele está reclamando de dor na garganta, fazer um gargarejo com água e sal. Isso se deve pelo fato de, essa ser uma das receitas caseiras mais simples e efetivas no tratamento de garganta inflamada.

Para fazer é bem simples, basta misturar um pouco de sal, cerca de uma colher de sopa cheia, em um copo de água em temperatura morna, de preferência. Após feito isso, coloque um gole da mistura na boca, sem engoli-la, e faça o gargarejo durante alguns minutos. Após isso, cuspa a água.

Própolis

O própolis é uma substância anti-inflamatória muito importante e essencial durante o tratamento de uma inflamação na garganta. É recomendado comprar o produto sem a presença de álcool sem sua formulação, quando possível.

Para o tratamento de dor na garganta, é recomendado adicionar, aproximadamente, 5 gotas de própolis numa xícara com água, misturar e beber. Faça isso durante algumas vezes no dia.

Mel quente com limão

O mel é outra substância considerada anti-inflamatória bem efetiva para o tratamento de garganta inflamada. Isso se deve pelo fato dele dissolver o muco presente nas vias respiratórias, sendo, nesse caso, na garganta. Essa ação diminui a dor e a tosse em excesso.

Com isso, o mel, quando misturado com limão, se torna um medicamento bem efetivo no tratamento de dor de garganta.

Para fazê-lo é bem simples, basta pegar uma xícara pequena, colocar dentro dela uma colher de chá de mel, uma outra com suco de limão e encher até a metade com água quente. Mistura tudo e beba rapidamente, antes de esfriar. Caso achar necessário, leve a mistura até o microondas durante um minuto.

Gengibre

O gengibre é uma das opções naturais mais efetivas para o tratamento de garganta inflamada, pois ele possuí efeitos antivirais e para fazer o alívio da dor, além de ajudar diretamente a eliminar o muco das vias respiratórias.

O chá é bem simples de ser preparado, basta pegar mel, cinco centímetros da raiz de gengibre e duas xícaras de água. Após lavar a raiz, a corte em pequenos pedaços e cubra com um papel de cera. Feito isso, ferva a água e coloque o gengibre, deixando por cinco minutos no fogo médio. Por fim, misture o mel no líquido e já está pronto para beber.

Balas

Apesar de não ser o tratamento mais eficaz para garganta inflamada, algumas balas ajudam bastante a aliviar os principais sintomas da inflamação.

O uso delas deve ser feito junto a algum outro tratamento mais efetivo.

As balas mais recomendadas são:

  • De gengibre
  • De mel e limão
  • De hortelã
  • De Guaco
  • Contendo mentol
  • Contendo eucalipto
  • Contendo vitaminaRemédio caseiro para garganta inflamada

Chás

Além do chá de gengibre, que já foi citado nesse artigo, existem outros bem interessantes que podem ser feitos de forma caseira, rápida e funcionam de forma bem efetiva. São eles:

  • Chá de hortelã, com um pouco de mel.
  • Chá de folhas de tanchagem, com um pouco de própolis.
  • Chá de raiz de alteia, com hortelã e gengibre.
  • Chá de folhas de maracujá.
  • Chá de raiz de alcaçuz, junto de canela e cravos.
  • Chá de camomila.
  • Chá de romã.
  • Chá de alho.

Quais Remédios e anti-inflamatórios tomar para Garganta Inflamada

Os remédios anti-inflamatórios mais utilizados e indicados pelos médicos para o tratamento de garganta inflamada são: Cloridrato de benzidamina, Naproxeno, Cetoprofeno, Ibuprofeno, Nimesulida, Piroxicam, e outros.

Vale ressaltar que, todos esses citados são anti-inflamatórios, não sendo efetivos no combate de bactérias, em caso de doenças bacterianas.

Quando procurar ajuda médica

É sempre indicado procurar um médico ao ocorrer os primeiros sinais de garganta inflamada, pois ele poderá dar uma indicação mais próxima e efetiva para o tratamento. Porém, quando os sinais são mais leves, é possível utilizar alguns dos medicamentos caseiros, como os chás e misturas indicadas nesse artigo.

É realmente essencial procurar ajuda médica quando a inflamação ocorre em crianças ou em níveis bem severos.